Raiva

Esta doença é conhecida desde 200 A.C. e provoca uma mortalidade de praticamente 100% após começarem a manifestar-se sinais clínicos. O vírus pode infectar todos os animais de sangue quente mas é mais viável numas espécies do que noutras. As espécies extremamente susceptíveis incluem a raposa, o coiote e o chacal. As muito susceptíveis são o gato, o morcego, o rato e os roedores em geral. E moderadamente susceptíveis temos como exemplo o Homem, o cão, cavalo e o macaco.

Não existe Raiva em Portugal desde 1960 mas os portugueses podem ser expostos ao vírus em algumas situações pelo que é importante conhecê-lo. Pessoas que viajam para países onde a Raiva é endémica devem tomar precauções. A importação ilegal de mamíferos no país pode também constituir um factor de risco, tal como as deslocações de animais de estimação, quer de cães de caça quer de animais de emigantes oriundos de países onde existe o vírus. O principal hospedeiro-reservatório no continente europeu é a Raposa Vermelha.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s