Rios de Portugal

Rios de Portugal

Vamos começar por falar do que são Rios: são cursos permanentes de água doce, o rio que vai desaguar noutro rio chama-se afluente, Foz é o lugar em que as águas do rio entram no mar ou noutro rio. Chama-se nascente o ponto onde o rio nasce, e leito o terreno por onde corre. As terras que ladeiam o rio chamam-se as margens.

Os maiores rios que passam em Portugal nascem em Espanha, são eles os seguintes: o Douro, que desagua no Porto; o Tejo, que vai desaguar a oeste de Lisboa; e o Guadiana, que vai ao mar em Vila Real de Santo António. Dos rios que nascem em Portugal, os de maior importância são: o Mondego, que passa por Coimbra e vai desaguar na Figueira da Foz, e o Sado, que entra no mar perto de Setúbal.

Aqui segue a lista dos principais rios de Portugal, mas temos muitos mais:

MINHO – Nasce em Espanha na região de Lugo e desagua em Caminha, tem cerca de 340 km de comprimento e serve de fronteira entre a confluência com o Trancoso e a foz.

LIMA – Nasce em Espanha, a Sul de Orense e desagua em Viana do Castelo.

CÁVADO – Nasce na Serra do Larouco e desagua em Esposende.

Afluentes – Homem.

AVE – Nasce na Serra da Cabreira e desagua em Vila do Conde.

DOURO – Nasce em Espanha, na Serra de Urbion a 2000 m de altitude e desagua no Porto, tem cerca de 930 km.

Afluentes da margem direita: Sabor, Tua, Corgo, Tâmega e Sousa.

Afluentes da margem esquerda: Côa, Távora, Varosa, Paiva e Arda.

VOUGA – Nasce na Serra da Lapa e desagua em Aveiro.

Afluente da margem direita: Caima.

Afluente da margem esquerda: Águeda.

MONDEGO – Nasce na Serrra da Estrela a 1425 m de altitude e desagua na Figueira da Foz, tem cerca de 227 km.

Afluente da margem direita: Dão.

Afluentes da margem esquerda: Alva, Ceira e Arunca.

LIS – Nasce no maciço calcáreo de Porto de Mós e desagua em Leiria.

Afluente: Lena.

TEJO – Nasce em Espanha na Serra de Albarracim e desagua em Lisboa, tem cerca de 1120 km. Em Portugal tem 275 km. É o maior rio da Península Ibérica.

Afluentes da margem direita: Erges, Ponsul, Ocresa, Zêzere, Almonda e Alviela.

Afluentes da margem esquerda: Sever, Nisa, Sorraia e Almansor.

SADO – Nasce em Ourique a 232 m de altitude e desagua em Setúbal, tem cerca de 175 km.

Afluentes da margem direita: Roxo, Figueira, Odivelas, Alcáçovas, São Martinho. Marateca e Xarrana.

Afluente da margem esquerda: Campilhas.

MIRA – Nasce na Serra de Mu e desagua em Vila Nova de Mil Fontes, tem 130 km.

GUADIANA – Nasce em Espanha nas Lagoas de Ruidera e desagua em Vila Real de Santo António, serve de fronteira entre a confluênciado Caia e um pouco ao Norte de Mourão e depois entre o Xança e a foz.

Afluentes da margem direita: Caia, Degebe, Cobres e Vascão.

Afluentes da margem esquerda: Ardila e Xança.

 

One thought on “Rios de Portugal

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s